Reciclagem

De acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), Reciclagem é o processo em que há a transformação em seus estados físico, físico-químico ou biológico de um resíduo sólido que não seria aproveitado, de modo a atribuir novas características ao resíduo para que este se torne novamente matéria-prima ou um novo produto.

A Política dos 5R's

Pode-se dizer que as preocupações com a coleta, o tratamento e a destinação dos resíduos sólidos representa, porém, apenas uma parte do problema ambiental. Vale lembrar que a geração de resíduos é precedida por uma ou outra ação impactante sobre o meio ambiente - a extração de recursos naturais.

A política dos cinco R's deve priorizar a redução do consumo e o reaproveitamento dos materiais em relação à sua própria reciclagem.
- Repensar: É muito importante repensar hábitos de consumo e descarte dos resíduos. Você está comprando algo de que realmente necessita? Você consome por impulso e acaba cometendo desperdício? Você não poderia reaproveitar algo que já tem ao invés de comprar algo novo? O que você faz com os antigos? Você os reaproveita ou joga no lixo comum? Como você descarta o lixo na sua casa? Você separa embalagens, matéria orgânica e óleo de cozinha usado, jogando no lixo apenas o que não for reutilizável ou reciclável?

- Reduzir: Consumir menos produtos, escolher produtos que tenham menos embalagens ou embalagens econômicas; dar prioridade às embalagens retornáveis; adquirir produtos a granel; ter sempre sua sacola de compras ao invés de utilizar as sacolinhas de plástico; usar a criatividade e fazer bijuterias, brinquedos e presentes personalizados utilizando materiais recicláveis; utilizar pilhas recarregáveis ao invés de pilhas alcalinas; utilizar lâmpadas econômicas, etc.

- Recusar: Recuse sacos plásticos e embalagens não recicláveis, aerossóis e lâmpadas incandescentes.
- Reutilizar: Ao reutilizar, você estará aumentando a vida útil do produto, além de economizar na extração de matérias-primas. Muitas pessoas criam produtos artesanais a partir de embalagens de vidro, papel, plástico, metal, cd’s, etc.
- Reciclar: Ao reciclar qualquer produto reduz-se o consumo de água, energia e matéria-prima, além de gerar trabalho e renda para milhares de pessoas. Faça a coleta seletiva e contribua com um mundo mais sustentável.

Os cinco R's fazem parte de um processo educativo que tem por objetivo uma mudança de hábitos no cotidiano dos cidadãos. A questão-chave é levar o cidadão a repensar seus valores e práticas, reduzindo o consumo e o desperdício.

As vantagens dessas práticas estão na redução do (a):

• Extração de recursos naturais;
• Redução dos resíduos nos aterros e o aumento da sua vida útil;
• Redução dos gastos do poder público com o tratamento do lixo;
• Redução do uso de energia nas indústrias e intensificação da economia local (sucateiros, catadores, etc.)

Como e o que Reciclar?

Existem várias formas de destinar seu lixo para reciclagem. Em princípio, se um produto for reciclável, basta descartá-lo de forma correta nos contentores ou lixeiras apropriadas, para o serviço de coleta seletiva e muitas vezes o descarte pode ser feito por meio de postos independentes. 

Também é importante dizer que o avanço tecnológico pode fazer com que um item que atualmente não é reciclável, torne-se reciclável no futuro.

Amasse as latinhas de alumínio, garrafas plásticas e outros objetos, assim ocupam menos espaço. Não se esqueça de tirar as tampas das embalagens e de eliminar o excesso de sujeira dos produtos. 

Outra dica fundamental é que nem todo papel, plástico, vidro ou metal pode ser reciclado. Confira o que deve seguir para a coleta seletiva e o que deve ir para o lixo comum, segundo dicas do Instituto Akatu. 

Papel 
Reciclável: papéis de escritório, papelão, caixas em geral, jornais, revistas, livros, listas telefônicas, cadernos, papel-cartão, cartolinas, embalagens longa-vida, listas telefônicas e livros. 
Não reciclável: papel carbono, celofane, papel vegetal, termofax, papéis encerados ou plastificados, papel higiênico, lenços de papel, guardanapos, fotografias, fitas ou etiquetas adesivas. 
Plástico 
Reciclável: sacos, CDs, disquetes, embalagens de produtos de limpeza, garrafas PET, canos e tubos, plásticos em geral. 
Não reciclável: plásticos termofixos (usados na indústria eletro-eletrônica e na produção de alguns computadores, telefones e eletrodomésticos), embalagens plásticas metalizadas (como as de salgadinhos) e isopor. 
Vidros 
Reciclável: garrafas de bebida, frascos em geral, potes de produtos alimentícios e copos. 
Não reciclável: espelhos, cristais, vidros de janelas, vidros de automóveis, lâmpadas, ampolas de medicamentos, cerâmicas, porcelanas, tubos de TV e de computadores. 
Metais 
Reciclável: latas de alumínio (refrigerante, cerveja, suco), latas de produtos alimentícios (óleo, leite em pó, conservas), tampas de garrafa, embalagens metálicas de congelados e folha-de-flandres. 
Não reciclável: clipes, grampos, esponjas de aço, tachinhas, pregos e canos. 

O Brasil recicla:

1,5% dos resíduos orgânicos domésticos gerados são reciclados por meio da compostagem;

22% do óleo lubrificante;

40% da resina plástica PET (polietileno tereftalato);

45% das embalagens de vidro;

77,3% do volume total de papelão ondulado;

89% das latas de alumínio;

35% do papel;

Fonte: CEMPRE

A MATÉRIA RECICLADA

EVITA

OU SE DECOMPÕE

Papel (1000 kg)

O corte de 20 árvores

Em alguns (ou muitos) meses

Plástico (1000 kg)

A extração do dobro de petróleo

Em algumas centenas de anos

Alumínio (1000 kg)

A extração de 5 toneladas de bauxita

Entre 100 e 500 anos

Vidro (1000 kg)

A extração de 1300 kg de areia

4000 anos

 

Decomposição de materiais

Materiais

Tempo de decomposição

Papel                         

Panos                                    

Filtro de cigarro                                

Madeira pintada

Náilon                        

Metal  

Alumínio

Plástico

Vidro  

Borracha

De 3 a 6 meses

De 6 meses a 1 ano

Mais de 5 anos

Mais de 13 anos

Mais de 20 anos

Mais de 100 anos

Mais de 200 anos      

Mais de 400 anos

Mais de 1.000 anos

Indeterminado